Pedófilo é preso após fingir ser uma menina para pedir imagens inapropriadas de crianças

PATROCINADO
A ENEVA, em um esforço contínuo para fomentar a educação e o crescimento econômico no Amazonas, lidera uma...

Um indivíduo de 42 anos foi detido e está sob investigação por se fazer passar por uma menina de 9 anos com o objetivo de obter imagens íntimas de crianças da mesma faixa etária. Durante a operação, também foi confiscado o celular do suspeito, que continha numerosos vídeos e fotos de crianças em sua residência em Manaus.

O delegado Antônio Rondon, que atua na Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc), informou que a investigação teve início no estado do Espírito Santo, quando uma mãe descobriu que o celular de sua filha continha conversas com um homem que fingia ser uma menina da mesma idade. Imediatamente, ela procurou a Polícia Civil do estado e registrou um Boletim de Ocorrência (BO).

“Os agentes de polícia do Espírito Santo identificaram que o suspeito morava em Manaus e solicitaram nossa assistência para conduzir uma busca e apreensão em sua residência. Ao chegarmos na casa do suspeito, ele tentou esconder o celular, que foi posteriormente encontrado durante a busca. No aparelho eletrônico, encontramos uma série de conteúdos pornográficos envolvendo crianças, a maioria delas com idades entre nove e 11 anos”, explicou.

O delegado acrescentou que a tática do criminoso consistia em abordar as vítimas, apresentando-se como alguém da mesma faixa etária e discutindo assuntos apropriados para a idade delas. Dessa forma, ele ganhava a confiança das crianças e, ao longo da conversa, introduzia tópicos íntimos e solicitava imagens inadequadas.

“Ele confessou o crime, afirmou que escolhia as vítimas aleatoriamente e alegou que as imagens eram para seu prazer pessoal. O suspeito tem três filhos, com idades entre 6 e 20 anos, que serão entrevistados para determinar se foram vítimas de abuso sexual”, esclareceu.

O delegado Rondon destaca a importância dos pais na supervisão das atividades de seus filhos na internet e no diálogo aberto sobre a segurança online. “É fundamental que os pais estejam atentos ao acesso de seus filhos à internet e mantenham um canal de comunicação aberto para que as crianças entendam que nem todo conteúdo online é apropriado para sua idade”, enfatizou.

O homem foi preso em flagrante no bairro Japiim, zona sul, e enfrentará acusações de armazenamento de conteúdo pornográfico infantil. Ele passará por uma audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Candidatos para cursos técnicos em Silves devem se inscrever a partir desta sexta-feira, dia 5 de abril. São...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE