PF investiga desvio de recursos públicos por fraude contra o INSS; Prejuízo supera R$2 milhões

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
PATROCINADO
Manaus está fazendo 352 anos de uma grande história. Terra de Ajuricaba, símbolo da resistência entre os Manaós,...

MANAUS-AM| A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (22/09/2021), a Operação FALSUM CAPTIVI, por meio do qual são investigados fatos relacionados a possíveis práticas de crimes, como pertencimento a organização criminosa, fraude na concessão de benefícios do INSS, falsificação de documento público e uso de documento falso.


A ação da Polícia Federal visa a cumprir mandados judiciais expedidos pelo Juízo da 4ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Amazonas, sendo 15 mandados de busca e apreensão cumpridos na cidade de Itacoatiara/AM, 01 mandado de busca e apreensão e 01 de prisão temporária cumpridos na cidade de Manaus/AM.


Segundo as investigações, um agenciador fabricava certidões de cárcere para pessoas que não foram presas ou com antecipação da data da prisão, após requeria o benefício de Auxílio-reclusão junto ao INSS, com isso recebia, indevidamente, valores retroativos do INSS.


Com as buscas, a Polícia Federal apura a participação de outros envolvidos na fraude e se houve participação de servidores públicos. O prejuízo causado ao INSS supera o valor de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais). Os indiciados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de estelionato previdenciário e falsificação de documento público, e, se condenados, poderão cumprir pena de até 12 anos e 8 meses de reclusão.


O nome da operação é uma alusão aos instituidores dos benefícios fraudados, considerando que muitos deles sequer foram presos.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Manaus vive uma nova fase, com avanços e superações em todas as áreas. Por isso, os 352 anos...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias