Polícia Militar inicia a operação Cruzeiro Marítimo Temporada 2019/2020

politur
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

MANAUS | A Polícia Militar do Amazonas deu início neste domingo (03/11) à Operação policial Cruzeiro Marítimo, criada para garantir a segurança de turistas e visitantes que circularão pelos pontos turísticos de Manaus e das principais vias de acesso às cidades do interior.

Publicidade

Segundo esclareceu o chefe da 3ª Seção do Estado Maior Geral da Polícia Militar, coronel João de Deus Dias de Figueiredo, a ação será executada com policiamento ostensivo de excelência, visando proporcionar maior sensação de segurança aos turistas e à comunidade em geral.

“A Polícia Militar vai agir diretamente contra elementos adversos, como os grupos de piratas que atuam nos rios da região, que tem forte apelo turístico, e infratores que ameacem ou cometam crimes e delitos contra os visitantes e demais transeuntes nas áreas dos monumentos e ruas adjacentes a estes, no Centro Histórico de Manaus”, pontuou o coronel Dias de Figueiredo.

Desta forma, a operação Cruzeiro Marítimo vai contar com a presença não somente de policiais militares, como também de agentes de segurança da Administração do Terminal Portuário Fluvial de Manaus, Corpo de Bombeiros Militar, Capitania dos Portos, Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), como forma de manter a total segurança dos visitantes, para esta temporada turística, iniciada no final de mês de outubro.

De acordo com a Polícia Militar, a presença dos policiais militares destacados para os serviços da operação Cruzeiro Marítimo, escolhidos dentro dos quatro grandes Comandos da PMAM – os Comandos de Policiamento Metropolitano (CPM), de Policiamento do Interior (CPI),  de Policiamento Especial (CPE) e de Policiamento Ambiental (CPAmb) –, será a partir do Porto de Manaus (Roadway) e alcançará o Complexo Turístico da Ponta Negra, a Ponte Rio Negro, os largos da Matriz e de São Sebastião, e o Teatro Amazonas.

Deverão ainda estar na rota da Operação, a avenida Eduardo Ribeiro, o Encontro das Águas, a Praia do Tupé, o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, a Arena da Amazônia Vivaldo Lima, Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho (Sambódromo) e demais ícones turísticos de Manaus.

A iniciativa da Polícia Militar visa servir e proteger aos que desembarcarão no Amazonas, de forma que, a partir do contato com as muitas e variadas formas de cultura, natureza e história do povo amazonense, a passagem desses visitantes pelo estado fique marcada como uma das mais seguras e sadias, e permita a eles levar a melhor impressão da região a outros turistas de todas as partes do mundo.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias