Policial militar e Sargento da marinha são mortos durante discussão em boate

WhatsApp Image 2023-06-03 at 08.52.23
PATROCINADO
Ao longo de toda a história do Site Imediato Online, a comunidade sempre esteve presente, sendo a principal...


MANAUS-AM | Um Sargento da Marinha foi morto na manhã deste sábado durante uma discussão com um cabo da policia militar que também foi atingido nas costas com vários tiros por um outro sargento naval, uma quarta pessoa não identificada teria sido baleada durante a confusão na avenida barão de Indaiá , bairro parque das Laranjeiras zona centro sul de Manaus.

Segundo a polícia , o cabo Roberto Bruno da 9ª companhia interativa de polícia estava em uma boate na avenida Barão de Indaiá com sua companheira, quando começou uma discussão na parte externa do local entre Bruno, e Adriano Macedo,32, mergulhador de combate do Rio de Janeiro.

Adriano teria ido até o Pm para tirar satisfação, momento em que o Bruno sacou a arma de fogo e atirou contra a cabeça de Adriano, que morreu na hora.

Alexandre Avelino Medeiros sargento naval foi preso, o mesmo seria amigo de Adriano, ele teria sacado a arma de fogo e atirado contra Bruno, os tiros atingiram as costas da vítima, que foi encaminha em estado grave de saúde para Hospital e 28 de Agosto, mas veio a óbito na unidade hospitalar.

Alexandre suspeito de atirar no Cabo da PM ainda chegou a falar em depoimento que não tinha nada haver com a confusão e que apenas tentou acalmar seu amigo momento em que disparou os tiros contra a vítima porque achava que fosse um “vagabundo”.

Após procedimentos da perícia os corpos de Roberto Bruno e Adriano Macedo foram removidos pra o IML, não houve mais informações sobre o quarto baleado.

Alexandre Avelino deve seguir para o Batalhão da Marinha para procedimentos cabíveis, duas armas de fogo foram apreendidas e encaminhados para o 1º DIP.

FOTO: Neto Silva

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Dia após dia, os internautas de todo o país estão em busca de notícias policiais, e o programa...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE