Jovem que assassinou ex-namorada com tiro na cabeça e homem que matou ex-cunhado são presos pela PC-AM

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Captura de Tela 2020-07-09 às 10.56.14


Manaus-AM | Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), com apoio dos agentes da guarda Civil Municipal do município de Autazes (distante 113 km em linha reta da capital), deflagraram a ação policial que culminou nas prisões de Wendel Oliveira da Silva, de 18 anos, conhecido como “Olhão”, e Vanderlei Colares Pinheiro, de 33 anos, em cumprimento a dois mandados de prisão pelo crime de homicídio.

Publicidade

Ação foi coordenada pelos delegados Paulo Martins e Charles Araújo respectivamente titular e adjunto da DEHS. De acordo com os delegados os indivíduos cometeram o crime na capital amazonense e fugiram para o município de Autazes.

Presos

No primeiro caso Wendel é acusado de assassinar a ex- namorada, identificada como Wanessa Gonçalves da Silva, que tinha 18 anos. O crime ocorreu no dia 21 de março deste ano na casa dela, situada na Avenida Brigadeiro Hilário Gurjão, bairro Jorge Teixeira, na zona Leste da cidade . O infrator efetuou um disparo de arma de fogo que atingiu a cabeça da vítima, pelo fato dele não aceitar o término do relacionamento.

Fuga

Wendel assim que cometeu o homicídio pegou os documentos do irmão e fugiu para a cidade de Autazes, onde seguia foragido. Lá o acusado conseguiu emprego em uma oficina utilizando os documentos do irmão. Durante a prisão ele chegou a tentar pular o muro da casa onde ele morava, localizado na rua Jeferson Braga, bairro Cidade Nova 1, em Autazes, mas foi alçando pelos policiais que já haviam cercado todo o local, relatou Charles.

No segundo caso Vanderley foi preso acusado de assassinar o ex-cunhado Raimundo Miramar Silva do Carmo, que tinha 34 anos. Ele foi atingido com três facadas pelo corpo, os golpes atingiram o peitoral e o braço.

O crime ocorreu no dia 24 de junho em um quitinete no bairro São José Operário, mais precisamente na rua Rio Arara. No momento da ação criminosa ambos estavam consumindo bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes, quando iniciaram uma discussão e Vanderley se armou com uma faca do tipo peixeira e desferiu três facadas na vítima que acabou não resistindo e vindo a óbito no local.

Vanderley que era havia convidado a vítima para uma bebedeira, mas após um desentendimento entre eles o crime acabou acontecendo. O autor trancou o quitinete e fugiu do local. O corpo só foi encontrado no outro dia pelos vizinhos que arrombaram com uma barra de ferro o imóvel.

WhatsApp Image 2020 07 09 at 10.56.50 2
Acusados pelos assassinatos foram presos pela Dehs

Ele também escolheu o município de Autazes para fugir da polícia e não pagar pelo crime. Delegado Charles relatou que ele não esboçou nenhum tipo de reação de fuga, quando as equipes chegaram no Sítio situado no quilômetro 56, da rodovia estadual AM- 254, onde ele estava escondido.

Wendel será indiciado por homicídio qualificado e Vanderlei por homicídio, após os procedimentos na Delegacia Especializada os dois serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), que fica localizado na BR-174, onde passarão por audiência via videoconferência.

Veja também:

Jovem que assassinou ex-namorada com tiro na cabeça e homem que matou ex-cunhado são presos pela PC-AM

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias