Principal suspeito pelo assassinato de professor em Manaus é procurado pela polícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM – A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) trabalha para prender Felipe Mendonça Glória, de 25 anos de idade, por suspeita de sequestrar, matar e ocultar o corpo do professor Genivaldo Lira Lacerda, de 47 anos de idade, que estava desaparecido desde o último dia 15 na capital. 

O corpo da vítima foi encontrado enterrado na noite dessa quinta-feira (16), no Loteamento Rio Piorini, rua Aracati, bairro Colônia Terra Nova, zona Norte. Denúncias podem ser feitos pelos números 181 ou 191.

Já se encontra preso Everton Rodrigo Pinto dos Santos, o “Lourinho”, por envolvimento no caso. 

Os policiais conseguiram encontrar o corpo após prenderem Lourinho, no mesmo bairro após populares ligarem para a polícia, informando que o mesmo foi visto saindo do veículo nas proximidades da residência onde o professor foi encontrado. De acordo com o acusado, o mesmo teria ajudado somente emprestando a picareta para Felipe, que é o foragido.

O carro do professor, foi encontrado minutos antes na mesma localidade após está sendo monitorado pelo sistema de rastreamento que, primeiramente, por volta das 19h00, deu alerta, dentro da invasão Monte Horebe, também na zona Norte. Já por volta das 22h00, quando novamente a família conseguiu visualizar o carro, o mesmo já estaria abandonado no Rio Piorini. 

Últimas informações ao vivo:

Receba a seleção das melhores notícias

Outros assuntos interessantes: