Sargento morta com dois disparos de arma de fogo por “colega de farda” estava sendo ameaçada

Foto: Neto Silva
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

MANAUS-AM| Na manhã desta quinta-feira (10), o sargento da PM Mario Sergio da Silva Muca, foi afastado do seu cargo após ter matado sua colega de farda, Alcicleide Conceição Costa de Freitas, 44 anos, dentro da 10ª CICOM-(Companhia Interativa Comunitária), localizada no bairro Alvorada zona Centro-Oeste da Capital.  

Publicidade

Relembre o caso- Sargento é morta por “colega de corporação” dentro da 10ª CICOM

O suspeito efetuou três disparos de arma de fogo sendo que dois acertaram a sargento, um no peito e um na região do tórax. Segundo informações, a vítima já vinha sendo ameaçada por seu “colega de farda” , ela já havia feito uma denúncia de forma oficial contra o acusado, porém, nenhuma providência foi tomada.

B.O feito por Alcicleide contra o autor do crime Mario Sergio

Alcicleide Conceição Costa de Freitas era 3° sargento da Polícia Militar, trabalhava a 15 anos na corporação e iria se formar este ano no curso de Serviço Social. A mesma morava com os pais e tinha uma sobrinha que cuidava como se fosse sua filha.

O sargento acusado, Mario Sergio, foi afastado de suas funções e responderá um procedimento administrativo instaurado pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD). Ele será apresentado ainda nesta quinta-feira (10), à Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), e ficará à disposição da justiça.

Foto: Divulgação
Foto: Neto Silva

UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias