Taxista é preso suspeito por estupro de adolescente em Manaus

Imagem: Neto Silva
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | O taxista Rillir de Moraes Bastos, de 45 anos de idade, foi preso em casa pela Polícia Civil, no bairro Armando Mendes, na zona Leste de Manaus, na manhã desta quarta-feira (17), pelo crime de estupro de vulnerável.

Publicidade

Ele foi preso acusado de estuprar uma menor de idade que na época do acontecimento tinha 11 anos. A delegada da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Joyce Coelho, explicou que as investigações foram iniciadas um ano depois do estupro, quando a vítima resolveu contar que havia sido violentada.  Inicialmente a menor não queria relatar a violência sexual, pois recebia ameaças anônimas.

Ainda de acordo com as informações da polícia, a menina tentou se matar três vezes e chegou a consumir diversos medicamentos. A família teve vários problemas e a vítima, que hoje tem 13 anos de idade, ainda passa por tratamento psicológico.                                                           

O crime aconteceu no dia 7 de novembro de 2017. Segundo a investigação, a menor foi abordado pelo taxista na rua e puxada para dentro do veículo, onde foi estuprada. O acusado será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias