Políticos do AM participam de ato democrático com Bolsonaro

WhatsApp Image 2024-02-25 at 19.32.59
PATROCINADO
Candidatos para cursos técnicos em Silves devem se inscrever a partir desta sexta-feira, dia 5 de abril. São...

SÃO PAULO – “Dia histórico, Avenida Paulista inundada de patriotas, brasileiros que estão aqui nas ruas hoje, a pedido do presidente Bolsonaro para dizer que nós não vamos aceitar nenhum tipo de repressão ou perseguição a oposição deste país”, afirmou o deputado federal Capitão Alberto Neto, durante participação no ato democrático realizado em São Paulo, neste domingo (25).

O movimento, convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro reuniu milhares de pessoas na principal avenida da capital paulista, e teve o apoio de autoridades e políticos da direita entre eles o presidente nacional do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto, senador Flávio Bolsonaro, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas e o pastor Silas Malafaia.

“Nossa voz, a voz do presidente Bolsonaro vai sair da Avenida Paulista e vai ecoar em todo Brasil por um pedido de democracia, de liberdade e o fim das perseguições contra a oposição. Nós não vamos aceitar nos aproximar de grupo terrorista. Estamos aqui para dizer que queremos um país livre e estamos lutando pela democracia”, declarou o parlamentar.

Em seu discurso Bolsonaro reforçou que a liberdade é o bem maior, mas aprendemos que não é eterna e por isso temos que buscar todos os dias, pois nenhum, mas não é eterno e a direita ainda pode fazer muito pelo país.

“Convidei vocês, e estou orgulhoso e grato por terem aceitado meu convite para fazermos essa fotografia, essa imagem para o mundo do que é a garra e a força do povo brasileiro, das cores da nossa bandeira, e a emoção quando ouvimos nosso hino. Vocês nos trazem esperança, energia, garra e a determinação para vencer”, enfatizou Bolsonaro.

O ex-presidente reafirmou que o povo não quer comunismo no país e lembrou as bandeiras da oposição de respeito a vida desde a concepção, não às drogas, não a ideologia de gênero e esclareceu fatos importantes sobre as perseguições que vem sofrendo. “A perseguição nunca parou e agora aumentou muito. Mas para esclarecer, nós não fizemos golpe!”, disse.

O líder da direita destacou que sua luta é para que o Brasil encontre uma maneira de não viver mais sobressaltado e inseguro, e que haja paz para que o país siga sua caminhada. “Todos nós seremos vencedores se a paz de Deus reinar sobre o coração de cada um de nós. Este ano temos eleições, votem com consciência para nos preparamos para 2026, pois o futuro a Deus pertence. Brasil acima de tudo Deus acima de todos!”, finalizou Bolsonaro.

A bancada federal do Partido Liberal de se presente no ato com os deputados Carlos Jordy (RJ), André Ferreira (PE), Sargento Gonçalves (RN), Filipe Martins (TO), Junio Amaral (MG), Caroline De Toni (SC), Abílio Brunini (MT), Marcelo Moraes (RS), Marcos Pollon (MS), Alberto Fraga (DF), Altineu Côrtes (RJ), Gilvan da Federal (ES), Dr Jaziel (CE), Silvia Waiãpi (AP), Giovani Cherini – PL/RS, Junio Amaral – PL/MG, Delegado Éder Mauro – PL/PA
Filipe Barros PL/PR, Carla Zambelli PL/SP, Silvio Antônio – PL/MA
Coronel Meira PL/PE, Joaquim Passarinho – PL/PA, Helio Lopes – PL/RJ, Ricardo Salles – PL/SP
Giacobo – PL/PR, Adilson Barroso – PL/SP, Paulo Bilynskyj- PL/SP
Capitão Alden – PL/BA, Pastor Eurico – PL/PE, Eros Biondini – PL/MG
Bibo Nunes – PL/RS, Jefferson Campos – PL/SP, Coronel Chrisóstomo – PL/RO, Daniela Reinher – PL/SC, Luciano Galego PL/MA, Coronel Fernanda PL/MT
Filipe Martins PL/TO, Luciano Zucco PL/RS, Fernando Rodolfo PL/PE
Rosana Valle PL/SP, Roberta Roma PL/BA e João Roma, Delegado Caveira PL/PA, Maurício do Vôlei PL/MG, Zé trovão PL/SC, General Girão PLRN, Daniel Freitas / PL-SC, Marcel Van Hattem – Novo, entre outros.

Direita do Amazonas

Como representante da direita do Amazonas no grande ato pacífico em defesa do estado democrático brasileiro, o parlamentar esteve ao lado do presidente Bolsonaro desde o início da organização do evento, reforçando o compromisso da direita amazonense com o presidente e com o Brasil.

“A direita convocou a população e hoje estamos aqui juntos, representando todos que não puderam vir, representando nosso povo do Amazonas, nesta luta contra a perseguição, contra a ditadura e para fazer valer nossa constituição federal e o direito a liberdade do povo brasileiro”, disse.

Estiveram presentes no encontro os deputados estaduais Delegado Péricles e Débora Menezes, o delegado Costa e Silva, e os políticos Coronel Menezes e Arthur Neto, que somam com os movimentos e ideais da direita no Amazonas.

“Foi um dia emocionante, poder representar a direita amazonense neste momento histórico. Nosso ato democrático reuniu milhares de brasileiros num único objetivo, defender o Brasil deste governo de esquerda, mostrar não aceitamos ditatura, abuso de autoridade e nem perseguição contra a direita. Somos um país livre e a democracia vai prevalecer no nosso país”, declarou Capitão Alberto Neto.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Ao longo de toda a história do Site Imediato Online, a comunidade sempre esteve presente, sendo a principal...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE