Quarenta e dois policiais iniciam estágio de Boinas Vermelhas do Choque

49e6b10c-fe9a-4a1f-8ab5-8884d0b26f74
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

MANAUS | Quarenta e dois agentes da Segurança Pública, entre policiais militares e oficiais das Forças Armadas, iniciaram na manhã desta segunda-feira (04/11) o estágio de ‘boinas vermelhas’ do 1º Batalhão de Choque da Polícia Militar do Amazonas. A aula inaugural ocorreu no auditório do batalhão, localizado na avenida Torquato Tapajós, bairro Santa Etelvina, zona norte, e contou com a presença do vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida, do secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, e do comandante-geral da PM, coronel Ayrton Norte.

Publicidade


O curso terá duração de 15 dias, em regime de internato, onde os agentes terão instruções diuturnas. Os treinamentos ocorrerão em unidades prisionais, estádios de futebol, por exemplo, para que a tropa de Choque esteja apta para atuar em controle de distúrbios civis, reintegração de posse e rebelião.


O vice-governador do Estado, Carlos Almeida, ministrou uma palestra aos agentes e reafirmou o compromisso do Governo do Estado em apoiar a Polícia Militar e investir na valorização do servidor da segurança pública. Almeida parabenizou os militares pelo início do estágio. 


Contenção de crise e atuação em grandes eventos –De acordo com o secretário de Segurança, o curso será essencial para treinar os militares e deixá-los capacitados para o trabalho de campo em contenção de crise ou atuação em grandes eventos. “A Polícia Militar tem que estar com as suas tropas treinadas, em condições para resolver o problema. Esse treinamento é fundamental, e eu espero que os agentes entraram consigam terminar o curso, porque nós precisamos de renovação, de aumento de efetivo, principalmente da tropa de choque”, afirmou o coronel Bonates.


Direitos Humanos –Segundo o comandante-geral da PM, coronel Ayrton Norte, a aula inaugural marca uma etapa importante para corporação, pois serão ministradas instruções repaginadas com disciplinas de direitos humanos, gerenciamento de crise e negociação de eventos críticos.


“Uma manhã muito importante para o Estado do Amazonas, para o Batalhão de Choque, pois nós estamos iniciando a primeira turma do estágio de boina vermelhas. E eu desejo aos militares uma boa formação, que eles procurem aprender o que os instrutores têm a passar. O Comando-Geral vai apoiar todas as ações que possam sempre estar alinhadas com nosso pensamento, que é treinar o homem para que ele possa oferecer uma segurança de qualidade para a nossa população”, disse o comandante.

geral da PM, coronel Ayrton Norte, a aula inaugural marca uma etapa importante para corporação, pois serão ministradas instruções repaginadas com disciplinas de direitos humanos, gerenciamento de crise e negociação de eventos críticos.


“Uma manhã muito importante para o Estado do Amazonas, para o Batalhão de Choque, pois nós estamos iniciando a primeira turma do estágio de boina vermelhas. E eu desejo aos militares uma boa formação, que eles procurem aprender o que os instrutores têm a passar. O Comando-Geral vai apoiar todas as ações que possam sempre estar alinhadas com nosso pensamento, que é treinar o homem para que ele possa oferecer uma segurança de qualidade para a nossa população”, disse o comandante.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias