1.948 novos casos de COVID-19 e 7 mortes são registrados no Amazonas

Foto: Bruno Zanardo/Secom
PATROCINADO
Conhecido como “O Gigante do Norte” o Bazar da Rayana em clima de Natal, acontecerá neste sábado (03)...

Manaus – AM | O Amazonas registrou 1.948 novos casos de Covid-19, totalizando 528.268 casos da doença no estado. Foram confirmados 7 óbitos pela Covid-19, sendo 3 ocorridos no sábado (29) e 4 óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 13.936 o total de mortes.

Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, no sábado (29/01), foram registrados 4 sepultamentos pela Covid-19. O boletim acrescenta ainda que 40.108 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 7,59% dos casos confirmados ativos.

Municípios – Dos 528.268 casos confirmados no Amazonas até este domingo (30/01), 252.752 são de Manaus (47,85%) e 275.516 do interior do estado (52,15%).

A capital, Manaus, tem 1.168 novos casos confirmados. No interior, os 27 municípios que têm casos novos registrados são: São Paulo de Olivença (139), Parintins (123), Itacoatiara (85), Lábrea (72), Iranduba (43), Presidente Figueiredo (39), Tabatinga (34), Coari (29), São Gabriel da Cachoeira (26), Boca do Acre (21), Maués (21), Rio Preto da Eva (19), Alvarães (14), Barreirinha (14), Novo Aripuanã (13), Autazes (12), Silves (12), Urucará (12), Careiro (10), Manacapuru (10), Tefé (9), Envira (6), Eirunepé (5), Nova Olinda do Norte (5), Pauini (4), Borba (2) e São Sebastião do Uatumã (1).

Óbitos – Entre as vítimas em Manaus, há o registro de 9.577 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 4.359.

A lista inclui novos óbitos em: Manaus (4), Autazes (1), Iranduba (1) e Manacapuru (1).

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
A capital amazonense é conhecida nacionalmente pela beleza e imensidão da floresta amazônica, por sua zona franca, pelo...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE