Amazonas já realizou 1,8 mil cirurgias de catarata, em mutirão que iniciou em fevereiro

Imagem do WhatsApp de 2024-03-30 à(s) 20.04.12_0a1dbb30
PATROCINADO
Candidatos para cursos técnicos em Silves devem se inscrever a partir desta sexta-feira, dia 5 de abril. São...

MANAUS-AM | O Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Saúde (SES), está realizando mutirão de cirurgias nas áreas de Oftalmologia, Proctologia, Mastologia e Ginecologia, no Hospital Delphina Aziz, na zona norte. As ações iniciaram em 23 de fevereiro. Neste sábado(30/03) foi realizada mais uma etapa como acompanhamento da secretária de Estado de Saúde, Nayara Maksoud.

A secretária destaca que já foram realizadas 1,8 mil cirurgias de catarata, até o momento, cumprindo a meta estabelecida. Além das cirurgias de catarata, já foram realizados, em 40 dias de mutirão, 126 procedimentos na área de Ginecologia, 101 em Mastologia e 26 em Proctologia. As de catarata encerram neste sábado e as demais prosseguem até final de abril.

Nayara Maksoud destacou a importância da ação, para dar agilidade aos atendimentos e ampliar o acesso da população aos procedimentos, seguindo a orientação que vem sendo reforçada pelo governador Wilson Lima. “A determinação do governador é ampliar o acesso da população em todas as ações da rede estadual de saúde”, ressaltou.

Ela observou que, além do mutirão, o Hospital Delphina Aziz realiza, em média, 1.300 cirurgias por mês, em diversas especialidades, sendo 330 somente de catarata. A secretária disse, ainda, que o retorno dos pacientes, elogiando a rapidez no atendimento, é algo reconfortante para todos os agentes de saúde. “Existe um retorno muito positivo a essa ação. Estamos muito contentes em ver a resposta dos pacientes, o sorriso no rosto dos nossos usuários”, frisou.

O diretor executivo do hospital, Anderson Barros, disse que a equipe organizou todo um processo para a realização do mutirão de cirurgias. “Tudo foi feito com muito cuidado e empenho. A equipe se engajou e está realizando um trabalho com um excelente índice de produção e qualidade”, afirmou.

Pacientes atendidos

Emocionado, Moisés Batista, 69, contou que estava fazendo a cirurgia de catarata no olho direito e, após o procedimento, vai aguardar o tempo determinado pelo médico para realizar o procedimento no lado esquerdo. “Me sinto bem, alegre e satisfeito. Agradeço à Secretaria de Saúde, ao Governo, hoje, graças a Deus, muita gente está se operando e se dando bem”, comentou.

Outra paciente, Ana Maria, 61, relatou que começou a sentir problemas na visão há cinco anos, porém nunca tinha procurado atendimento médico. Após uma consulta de rotina, a médica a encaminhou para o procedimento. Em pouco tempo, ela foi chamada para fazer a cirurgia de catarata.

“Eu não via uns dois metros longe da minha vista, eu já não enxergava mais. Hoje, eu posso olhar, posso até ler a minha Bíblia. Estou me sentindo muito bem. Tô ansiosa, porque estou feliz. Já fiz até um propósito: quando voltar da minha segunda cirurgia, vou cortar meu cabelo para doar”, prometeu.

Foto: Evandro Seixas/SES

*Com informações da Assessoria

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Ao longo de toda a história do Site Imediato Online, a comunidade sempre esteve presente, sendo a principal...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE