Equipes comemoram zero pacientes de Covid-19 nas ‘salas rosas’ em hospitais

1E03D530-F50E-404C-A48F-05D06B4A21D9
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – Uma foto viralizou nas redes sociais durante este sábado (23), nela profissionais da saúde do Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, zona Leste de Manaus, comemoram a marca de ZERO pacientes de covid-19 na sala rosa.

Publicidade

A publicação, que já tem milhões de curtidas na internet, mostra a equipe celebrando a ausência de pacientes naquela que chegou a ser conhecida como a “sala da morte” do hospital, durante o ápice de infecções pelo covid19.

A notícia chega no mesmo momento do aumento no número de leitos para Covid-19 nos hospitais de campanha do Estado e do Município, além do número em queda de óbitos e enterros na capital amazonense.

A “Sala Rosa” é o setor destinado exclusivamente aos pacientes diagnosticados com Covid-19 no HPS 28 de Agosto. Ao longo dos últimos dois meses especialmente no auge da pandemia em abril, o setor virou uma espécie de símbolo do colapso que atingiu a saúde no Estado, tal qual ocorrido em diversos países, quando seus leitos permaneceram praticamente todos ocupados, causando uma verdadeira maratona entre os profissionais de saúde nos esforços para salvar vidas.

Apesar da celebração na foto divulgada, o sistema de saúde do Amazonas continua entre os Estados com maior incidência de casos e óbitos por Covid-19. Mais da metade entre as 20 cidades com maior incidência de coronavírus proporcional ao número de habitantes são no Estado.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias