Em Manaus, força-tarefa reúne os três níveis de Governo e atua para abrir 392 leitos para Covid-19

IMG_1005 (2)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

MANAUS-AM | Os Governos do Estado, Federal e Municipal reuniram-se nesta segunda-feira (11/01) para garantir a abertura de 392 leitos exclusivos para a Covid-19 em Manaus. A reunião, realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), aconteceu logo após a apresentação do Plano Estratégico de Enfrentamento ao Covid-19 e contou com representante das Forças Armadas, do Ministério da Saúde e do Conselho Municipal de Saúde. Também foi tratado sobre a abertura de uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) pela Prefeitura de Manaus.

Publicidade

“Nós ampliamos o nosso comitê com a inclusão das Forças Armadas, de representantes dos conselhos municipais de saúde, de integrantes do Ministério da Saúde e também da Prefeitura para que nós possamos ter uma celeridade maior nas discussões”, explicou o governador Wilson Lima, que participou da reunião, ao lado do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e do prefeito de Manaus, David Almeida.

IMG 1004 2 1
FOTOS: Diego Peres / Secom

Na ocasião, os chefes de Governo discutiram com suas áreas técnicas, que já estão atuando integradas desde a semana passada, sobre as pendências e estratégias para garantir a abertura, de imediato, de 311 leitos clínicos e 81 de UTI. Os leitos estão prontos nos prontos-socorros Getúlio Vargas e Hospital da Nilton Lins,  restando completar o quadro de recursos humanos, principalmente médicos intensivistas. Também estão inseridos novos leitos no Hospital Delphina Aziz.

É preciso também ainda aumentar a oferta de oxigênio, uma vez que o principal fornecedor da rede hospitalar do Estado anunciou que está operando no limite. De acordo com a Defesa Civil do Amazonas, que coordena o plano de contingência relacionado ao abastecimento de oxigênio, o consumo quintuplicou em relação à demanda normal e os governos estão apoiando o fornecedor no transporte de cargas de outros estados. 

IMG 1003 1 1 1
FOTOS: Diego Peres / Secom

Nesta noite, mais 50 mil metros cúbicos, provenientes da fábrica da White Martins em Belém, chegaram para reforçar os estoques das unidades.

O governador montou com o Comitê de Enfrentamento à Covid, no último domingo (10/01), uma força-tarefa para ampliar o abastecimento de oxigênio na rede estadual de saúde. Entre as medidas está o apoio das Forças Armadas no transporte do insumo de outros estados para o Amazonas e também a preparação de um chamamento público para implantação de miniusinas de oxigênio.

FOTOS: Diego Peres / Secom

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias