Pacientes denunciam Hospital Santa Júlia por falta de atendimento e assistência médica

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
8EC87A40-9B73-4A78-ACDF-48359B9561D8


Manaus – Pacientes e seus familiares procuraram a equipe do Imediato para registrar uma denúncia em relação a falta de atendimento e assistência médica, no Hospital e Pronto Socorro Santa Julia, situado no Boulevard, zona Sul da capital. A denúncia aconteceu na noite desta terça-feira (3), em frente à unidade de saúde.

Publicidade

De acordo com pacientes que não quiseram se identificar, a empresa vem diariamente desrespeitando o estado de saúde físico, psicológico e emocional de pacientes por meio da demora no atendimento básico. Além da demora, denunciantes também relataram que nenhum profissional do hospital oferece qualquer tipo de satisfação sobre a falta de atendimento.

Ainda segundo os pacientes, os únicos profissionais que ficam disponíveis para dar informação são agentes de segurança que ficam responsáveis pela vigilância do local, e não tem habilitação profissional para lidar com os problemas de saúde apresentados por enfermos que buscam ajuda no local.

Apesar de ser uma unidade de saúde particular, dezenas de acompanhantes preferiram transferir os pacientes que aguardavam acompanhando médico no Santa Júlia, para unidades de saúde públicas na capital. A empresa segue na capital como um dos planos de saúde mais caros da região.

Outra denúncia reiterada pelos entrevistados foi a falta de infraestrutura do prédio. Fotos tiradas pelos denunciantes mostram o teto do hospital totalmente sem forro, com infiltrações e banheiros imundos. Durante a noite desta terça-feira (3) uma viatura da Polícia Militar teve que ser acionada para garantir que no local, os pacientes recebessem a atenção necessária.

Só após a chegada da equipe de reportagem do Imediato ao local, o diretor de comunicação do Hospital Santa Júlia – que não quis se identificar – foi visto no hall da unidade na tentativa de começar a resolver os problemas denunciados à imprensa.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias

BABADO FORTE