Rede Hapvida utiliza hidroxoloroquina na fase inicial da Covid-19 e vê bons resultados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
279AFB93-CB2A-48E6-B58F-D91BF8FDF22E


Brasil I A rede Hapvida, maior plano de saúde do país, segundo a ANS, informa que o uso da hidroxocloroquina, em associação com outras drogas, na fase inicial da covid-19, tem apresentado bons resultados para reduzir a gravidade da doença.

Publicidade

O diretor executivo da Hapvida, Jorge Pinheiro, afirma que caso haja o entendimento médico de que o paciente tem condições de ficar em casa e precisa da medicação, a rede dará acesso à hidroxocloroquina, especialmente devido a dificuldade de encontrar a medicação na rede farmacêutica do país.

Segundo Jorge Pinheiro, já existem 20 mil pessoas no tratamento da Covid-19 e a ideia é ampliar essa quantidade.

Até o momento, o Sistema Hapvida  investiu cerca de R$ 65 milhões em ações contra a Covid-19, envolvendo compra de EPI’s medicamentos e equipamentos.

Fonte: Conexão Política

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias