Wilson Lima inaugura novos leitos e amplia oferta de quimioterapia na FCecon

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM | O governador do Amazonas, Wilson Lima, inaugurou, na manhã desta quinta-feira (09/01), dez novos leitos de quimioterapia infusional na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), zona centro-oeste de Manaus. Com a inauguração, a capacidade de atendimentos diários da unidade salta de 87 para 117, nos dias em que todos os leitos estiverem em funcionamento. Os dez novos leitos vão funcionar segundas, quartas e quintas-feiras, com capacidade para 30 atendimentos diários, ampliando a capacidade para 90 atendimentos semanais.

“É um aumento significativo de algo em torno de 30%, inclusive podendo aumentar essa capacidade. Ainda não é o que nós queremos, mas a gente tem certeza, com essas ações, que nós estamos no caminho certo para minorar esse problema da saúde, sobretudo no tratamento do câncer, que a gente sabe que é uma doença muito cruel, devastadora, que precisa de um diagnóstico com a maior brevidade possível, porque quanto mais rápido você identifica o câncer, as chances de recuperação e até de cura, em alguns casos, são maiores”, frisou Wilson Lima.

As dez novas vagas são divididas em cinco leitos e cinco poltronas semileitos, adquiridos por meio de convênio com o Ministério da Saúde. A estrutura funciona em duas enfermarias do 6º andar da FCecon. É a primeira vez, desde 2005, quando o novo prédio foi inaugurado, que todos os andares estão funcionando simultaneamente. O espaço também recebeu melhorias estruturais.

O governador reforçou que a FCecon recebeu volume recorde de investimentos em 2019, mais de R$ 40,1 milhões, dentro do pacote de ações do Governo do Estado que prioriza a área da saúde.

“A última visita que eu fiz aqui (em novembro de 2019) foi para receber um valor de R$ 5 milhões provenientes de emenda parlamentar, do deputado federal Bosco Saraiva, e também para inaugurar um espaço que trata da questão da radioterapia, um acelerador linear”, relembra Wilson Lima. O equipamento de alta tecnologia foi implantado, ano passado, por meio de parceria entre o Governo do Estado e Governo Federal, via Ministério da Saúde.

Ampliação – O novo espaço, inaugurado pelo governador, vai atender os pacientes que fazem procedimentos de infusão de quimioterapia de longa duração. Os leitos representam a possibilidade de um atendimento mais eficiente, desafogando o setor de quimioterapia da Fundação, estruturado com 19 leitos e poltronas.

“Esse andar aqui ficou parado anos e, pela primeira vez, nos conseguimos, com ajuda do Governo, fazer esse andar aqui funcionar. Então isso é uma coisa muito importante para nós, nesse momento. Eu percebo que nós aumentamos o aporte de pacientes aqui dentro da instituição”, destacou o mastologista Gerson Mourão, diretor-presidente da FCecon, ao frisar que a unidade recebe, ainda, pacientes de estados vizinhos e até do exterior.

Demanda – Segundo a gerente da Oncologia Clínica da FCecon, oncologista Gilmara Resende, nos últimos anos houve aumento na demanda pelo tratamento quimioterápico, o que resultou na necessidade um novo espaço. Por dia, cerca de 60 pessoas passam por consultas com os médicos especialistas em Oncologia na unidade hospitalar.

“É uma necessidade nossa já de algum tempo. O nosso número de pacientes aumentou bastante nos últimos anos, principalmente no último mês. Esse andar já era uma paquera antiga da oncologia clínica e, com essa conquista, a gente consegue ampliar nosso espaço e ampliar nosso atendimento”, afirmou a gerente.

Últimas informações ao vivo:

Receba a seleção das melhores notícias

Outros assuntos interessantes: