Wilson Lima reforça necessidade de isolamento e defende união de esforços para combater o Covid-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Wilson Lima anuncia Ticket de 500 reais


Manaus – AM | O governador Wilson Lima reforçou hoje (1/5), em entrevista a uma emissora de TV local, que a retomada de atividades econômicas não essenciais dependerá do cumprimento do decreto que prorrogou medidas de isolamento até o dia 13 de maio.

Publicidade

Ele também informou que a Polícia Militar e a Prefeitura de Manaus vão intensificar a fiscalização e que solicitou ao Ministério Público Federal (MPF) apoio na interlocução com órgãos federais para apoiar na organização de filas de bancos.

Wilson Lima antecipou, ainda, que o Estado colocará no ar uma campanha publicitária que reforça o apelo para o cumprimento das medidas de isolamento. “A reabertura das atividades só vai acontecer se as medidas de restrição forem cumpridas. A Polícia Militar e fiscais da Prefeitura vão intensificar a fiscalização e quem não cumprir as medidas poderá perder o alvará de funcionamento. Só vamos permitir serviços essenciais”, ressaltou.

União

O governador Wilson Lima reafirmou que o momento é de união de esforços e que têm mantido diálogo com representantes dos demais poderes e órgãos de controle para alinhar ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19 e dar transparência aos atos do Estado.

“Temos um inimigo comum. As pessoas estão morrendo, estamos nos despedindo de parentes, de amigos. As famílias não têm tido a oportunidade de se despedir dos entes queridos e, neste momento, mais do que nunca, todos precisam estar unidos contra o coronavírus, contra a pandemia. Ontem estava reunido com os poderes, com o comércio e a indústria, para discutir um plano de como serão os próximos dias e como vai ser a retomada da economia depois da pandemia ou quando começar a baixar os números”, ressaltou o governador Wilson Lima.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias