Faculdade abre inscrições para bolsas de graduação

WhatsApp Image 2023-01-24 at 20.10.00
PATROCINADO
Ao longo de toda a história do Site Imediato Online, a comunidade sempre esteve presente, sendo a principal...

Empenhada em garantir educação superior de qualidade a todos, por meio de um Concurso de Bolsa, o Centro Universitário CIESA vai conceder milhares de bolsas de estudo institucionais de 60% a 100% para 2023. As bolsas são oportunidade para quem sonha com a primeira graduação. A medida vai contemplar cursos de graduação presencial do Centro Universitário CIESA (UNICIESA).

O processo seletivo será aberto em 25 de janeiro e beneficiará com bolsa os candidatos que tiverem melhor nota na redação do ENEM ou em média do histórico escolar de nível médio.

O processo seletivo das bolsas de estudo é aberto a alunos que tiverem concluído o ensino médio e pretendem ingressar em sua primeira graduação. Os candidatos interessados em participar do processo seletivo das bolsas de estudo deverão realizar inicialmente o preenchimento eletrônico da ficha e o envio de documentação de comprovação estabelecida no edital. Para isso, o CIESA disponibiliza o site www.ciesa.br, com os links para o preenchimento eletrônico e para o envio dos documentos.

A Comissão de Seleção e Gestão das Bolsas de Estudos do Centro Universitário CIESA esclarece que os interessados deverão cumprir rigorosamente os prazos estipulados no cronograma de envio dos documentos e que a concessão das bolsas só acontecerá após aprovação da análise e comprovação dos candidatos inscritos.

O resultado final dos contemplados com as bolsas será divulgado no portal do CIESA dia 03 de fevereiro de 2023. O edital com as normas e critérios do processo seletivo das bolsas pode ser visualizado neste link https://portal.ciesa.br/concurso-de-bolsas-com-bolsas-de-60-a-100/

Foto: Divulgação

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Dia após dia, os internautas de todo o país estão em busca de notícias policiais, e o programa...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE