Filha de Fafá de Belém relata abuso sofrido aos 7 anos de idade: “Algo fez minha mãe chegar enquanto eu corria dele”.

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

PAÍS | Filha de Fafá de Belém, Mariana Belém usou suas redes sociais para relatar sobre um abuso sexual que sofreu quando ainda era criança, aos 7 anos de idade. Ela diz que só contou para a mãe o fato 17 anos depois do ocorrido. Somente agora com 33 anos Mariana relatou para a mãe o abuso na íntegra.

Publicidade

Mariana expôs o ocorrido em prol da campanha Precisamos falar sobre abuso”, desenvolvida pela jornalista Ana Paula Araújo. Ela pontua que Fafá “sempre foi” sua “parceira e confidente”, mas não teve coragem de contar a ela sobre o assédio.

“Só por um milagre não fui ainda mais violentada. Algo me fez correr porque achei errado um homem que deveria cuidar de mim estar passando a mão dentro do meu biquíni, colocando a minha mão no pênis dele e pedindo para eu ‘dar beijo’ naquela parte do corpo dele”, afirmou Mariana.

“Algo fez minha mãe chegar enquanto eu corria dele. Algo ali me salvou de algo pior. Levei 17 anos para contar por alto. E esses detalhes grotescos acima eu só contei quando moramos juntas durante essa pandemia (33 anos depois do ocorrido).”

A filha de Fafá diz lembrar exatamente do ocorrido e que procurou uma psicopedagoga para trabalhar o trauma vivenciado. “Consegui não viver com traumas maiores. Mas nunca esqueci. E quem não teve terapia? Informação? Uma mãe confidente?”, Apontou.

Por fim Mariana agradeceu a jornalista Ana Paula e completou: “Quando você chorou me ouvindo te contar, pensei: ‘será que meu relato pode encorajar outras pessoas? Ou ao menos confortar quem também ficou quieta por medo e vergonha? Será que meu relato pode abraçar outras pessoas?’. Tomara.”.

Com informações de: Uol

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias