173 condutores são autuados pelo Detran-AM durante o feriadão

DETRAN3
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
PATROCINADO
Manaus está fazendo 352 anos de uma grande história. Terra de Ajuricaba, símbolo da resistência entre os Manaós,...

As fiscalizações começaram no sábado (09) e se estenderam até a terça-feira (12)

CIDADE | O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), realizou ações de fiscalização no feriadão pela passagem do dia de Nossa Senhora Aparecida, comemorado no dia 12 de outubro, que resultaram em 173 condutores autuados por diversas infrações.

As ações começaram no sábado (09/10), com foco no tráfego de veículos nas saídas das rodovias estaduais AM-010 e AM-070. As fiscalizações nesses dois pontos foram voltadas para a verificação da condição do veículo, sendo verificado o estado de conservação e os itens de segurança obrigatórios: pneus, para-brisas, iluminação e etc.

No domingo e segunda-feira (10 e 11/10), a operação do Detran se concentrou nas vias de Manaus, com foco na Lei Seca. A fiscalização com o teste do bafômetro tirou de circulação condutores que consumiram bebidas alcoólicas. Ao todo, nesses dois dias, 33 condutores foram autuados após o teste positivo de alcoolemia; e outros dez acabaram autuados por se recusar a fazer o bafômetro.

Nesses dois dias, as fiscalizações foram montadas no bairro Parque 10, na avenida Maneca Marques; na Ponta Negra, nas avenidas do Turismo e Coronel Teixeira; e na Cidade Nova, próximo ao Terminal 3.

Na terça-feira (12/10) o foco foi no retorno das rodovias devido ao feriadão. Durante o feriadão, 18 veículos acabaram removidos por irregularidades.

Por: Assessoria de Imprensa

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!


SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Manaus vive uma nova fase, com avanços e superações em todas as áreas. Por isso, os 352 anos...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias