Golpista prometia emprego nos Estados Unidos e cobrava até R$ 3 mil de vítimas para ‘agilizar trâmites’

WhatsApp Image 2020-07-24 at 12.20.06
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM | Por volta da 7h da manhã desta sexta-feira (24), as equipes de investigação do 12° e 14° Distritos Integrados de Polícia (DIPs), cumpriram mandado de prisão preventiva em nome de Kaio da Costa Oliveira, de 34 anos, acusado de aplicar golpes em usuários de aplicativo de relacionamento.

Publicidade

Ação policial teve a coordenação da Delegada Débora Barreiros, titular da 5ª Seccional centro-Sul e dos delegados Mauro Soares e Cristiano Castilho titulares respectivamente do 12º e do 14º DIP.

Golpista

Segundo o delegado Cristiano, as investigações em torno do caso apuraram que os golpes eram aplicados depois que o indivíduo escolhia um alvo por meio de um aplicativo de relacionamento e passava manter contato com a vítima, após adquirir certa intimidade, o infrator oferecia emprego a ela nos Estados Unidos.

Após oferecer o emprego, o homem solicitava que a vítima emitisse passaporte, para isso ele oferecia ajuda ‘nos trâmites’, era exatamente nesse momento que o infrator cobrava de R$ 1.500,00 a R$ 3.000,00 para ‘agilizar os procedimentos na Polícia Federal (PF)’, no entanto depois de receber a quantia o infrator deixava de manter contato com as vítimas.

Segundo os relatos de Deborah Barreiros, as vítimas visando o emprego chegavam até a emprestar a quantia para pagar para o estelionatário, acreditando na oferta.

As investigações em torno do caso começaram quando as vítimas foram até o 14° DIP registrar um boletim de ocorrência, logo foi constatado que o homem ja possuía 6 inquéritos policiais abertos pelos práticas criminosas, entre elas a venda de gabarito de concursos.

A ordem judicial em nome de Kaio foi expedida no dia 23 de março deste ano pela juíza Lina Marie Cabral da central de inquéritos.

WhatsApp Image 2020 07 24 at 12.20.06 1
Golpista

Delegado Mauro Soares, titular do 12º DIP informou que após os trabalhos de investigação, o paradeiro do infrator foi localizado, o que possibilitou o cumprimento do mandado de prisão em nome dele. A ação policial correu na rua da Frigelo, Bairro Flores, na zona centro-sul da capital.

O acusado foi indiciado por estelionato e o término dos procedimentos cabíveis será conduzido à Central de Recebimento e Triagem (CRT).

Veja também:

Homem é preso após dar golpe e receber indevidamente auxílio emergencial de jovem

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias