Mulher é estuprada e brutalmente assassinada por homem que segue foragido da polícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus -AM | Elizeth Pereira de Moraes, 38 anos, moradora da Comunidade Boa Esperança, Km 120 da BR 174, foi brutalmente morta com pancadas e asfixia, depois de ser abusada sexualmente por dois elementos, um deles menor de idade e deixada jogada no mato às margens do Km 18 da AM 240, na entrada da Comunidade Nova União em Presidente Figueiredo.

O corpo foi encontrado na manhã da última quinta-feira (25/06) por moradores locais que denunciaram o fato às autoridades policiais do 37o Distrito Integrado de Polícia (DIP).

A vítima foi vista saindo de um balneário na mesma rodovia, acompanhada de diversas pessoas. Depois disso, Elizeth já foi vista chegando visivelmente alcoolizada na companhia de Renan Silva da Rocha, 23 anos, em uma motocicleta,  em um bar no outro lado da rua na entrada da Comunidade Nova União, onde ocorria um evento e permaneceram por várias horas bebendo no local.

Captura de Tela 2020 06 29 às 16.02.46

Um morador das redondezas foi quem primeiro localizou o corpo e imediatamente avisou a polícia, que designou uma equipe para ir até o local apurar os fatos e foi constatado a veracidade, estando a vítima com bastantes hematomas na região do rosto tal a brutalidade das agressões.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado, o corpo removido à capital enquanto que o suspeito bastante conhecido na região, passou em sua residência, pegou alguns itens pessoais saiu com rumo ignorado em sua motocicleta e, assim que for preso, responderá por feminicídio.

Últimas informações ao vivo:

Receba a seleção das melhores notícias

Outros assuntos interessantes: