‘Nossas crianças ficam expostas’, diz avó sobre creche invadida por adolescentes, em Manaus. Veja vídeo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | Na madrugada da última segunda – feira (09), a creche Municipal Gabriel Corrêa Pedrosa, foi invadida e arrombada por infratores que, aparentemente são adolescentes. A creche localizada no Conjunto Xingu, Compensa, teve vidros das janelas de cinco salas quebrados, armário revirados, materiais espalhados. 

Publicidade

Segundo alguns pais, chegaram até a defecar em alguns espaços, e mexeram nos extintores da creche espalhando também pó químico, por toda a área externa. Os suspeitos levaram materiais de higiene e objetos de pequeno valor. 

As aulas foram suspensas nas segunda, mas na terça-feira (10) retornaram normalmente.

A equipe de redação do Imediato conversou com a avó de uma das alunas, Raquel Batista. Ela teme a falta de segurança tanto no bairro, quanto na creche. “Eu penso que, como a creche é isolada e não tem vigilância, ficando fácil de adolescentes entrarem, imagina adultos. Falta policiamento na rua, porque é uma rua deserta.”

Ao sair para o trabalho, ela deixa a neta, de 1 ano e 9 meses, na creche e teme que aconteça o pior. “Nós entregamos as nossas crianças para correr riscos, elas ficam muito expostas. E não é a primeira vez que acontece isso. Complicado.”

O caso foi registrado no 8° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Em nota a Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus) informou sobre o ocorrido. Leia na íntegra:

“A Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus) informa que a creche Gabriel Corrêa, localizada no conjunto Xingú, Compensa, zona Oeste de Manaus, foi arrombada na madrugada segunda-feira, 09/12, e os vidros das janelas de cinco salas foram quebrados. A Semed afirma ainda que o Boletim de Ocorrência foi registrado no 8° Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro compensa. As aulas foram suspensas na segunda-feira, para que a unidade fosse limpa e para que os vidros das janelas fossem repostos. As atividades na escola retornaram normalmente na terça-feira, 10/12.”

Últimas informações ao vivo:

Receba a seleção das melhores notícias

Outros assuntos interessantes: