Anvisa realiza nova reunião para analisar vacina para crianças

Fachada do edifício sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
PATROCINADO
O Brasil ocupa a 2ª posição no mundo entre os países que mais registram casos de hanseníase, doença...

Brasil | A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou nova reunião nesta quinta-feira (13) para analisar o pedido do Instituto Butantan de autorização, em caráter emergencial, para aplicação da vacina contra a covid-19 Coronvac em crianças de 5 a 11 anos de idade.

Foram analisadas as informações sobre a eficácia e segurança do imunizante nesse público, e discutidos resultados de um estudo sobre o uso da vacina no público infantil, realizado no Chile.

Estiveram presentes na reunião, além de integrantes da Anvisa e do Instituto Butantan, pesquisadores chilenos, técnicos do laboratório Sinovac China e representantes da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) e Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

Os especialistas receberam informações do consórcio responsável pela vacina, o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac, sobre os testes realizados e sobre o atendimento aos requisitos para a liberação do seu uso pediátrico no Brasil.

Segundo a Anvisa, os especialistas que participaram do encontro irão analisar os dados fornecidos e enviar suas avaliações para a agência regulatória. Para a autorização, é preciso que a área técnica emita um parecer e que este seja votado pela Diretoria Colegiada. Ainda não há previsão de quando essa apreciação ocorrerá.

Atualmente, somente a vacina da Pfizer contra a covid-19 tem autorização da Anvisa para aplicação em crianças de 5 a 11 anos de idade. Na semana passada, o governo federal anunciou a inclusão da imunização desse público no plano de vacinação contra a covid-19.

Nesta quinta-feira chegou ao Brasil o primeiro lote de doses da Pfizer. No total, 1,2 milhão de doses foram recebidas e passarão a ser distribuídas aos estados e municípios para começar a aplicação em crianças de 5 a 11 anos.

Por: AGÊNCIA BRASIL

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
MANUAS-AM| Agora a vacina contra a Covid-19 está disponível para crianças de 5 a 11 anos. Em Manaus,...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias