Campanha de vacinação contra o H1N1 terá esquema especial de segurança

IMG_0362
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-Am | A campanha de vacinação contra a gripe Influenza A (H1N1), que começa nesta quarta-feira (20) no Amazonas, terá esquema especial de segurança pública. O principal o objetivo do plano é evitar transtornos durante a campanha de imunização contra o H1N1 no Estado, onde já foram registradas 26 mortes pela doença. O esquema foi definido na manhã desta segunda-feira (18) em reunião com representantes da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS/AM). “Nós recebemos a demanda sobre os locais de vacinação e vamos otimizar o policiamento de forma a garantir a segurança da vacinação.”, disse o tenente-coronel, Dias Figueiredo, chefe da seção de planejamento e operações da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM).

Publicidade

Na capital, 10 unidades de saúde que funcionam com o horário de atendimento diferenciado terão maior para a vacinação das pessoas pertencentes ao público-alvo da campanha. “Essas dez unidades funcionam no horário de sete horas às vinte e um horas de segunda a sexta-feira. E no sábado de oito da manhã ao meio-dia, também estarão disponibilizando a vacina para os grupos prioritários. Essa parceria com a segurança pública do Estado ela fortalece e garante a operacionalização dentro da normalidade, especialmente, a segurança para nossos usuários e para nossos servidores. É importante que a população entenda que são os grupos prioritários neste primeiro momento que deverão comparecer para vacinação a partir desta quarta-feira.” , explicou a assessora técnica da subsecretário da gestão municipal de saúde, Aldeniza Souza.

Na capital, funcionarão ao todo 183 salas de vacinação em unidades básicas de saúde do município e policlínicas, com a meta imunizar cerca de 450 mil pessoas. Em todo o estado, a meta é imunizar 1 milhão e 150 mil pessoas.

Segundo a presidente da Fundação de Vigilância em Saúde em Saúde do Amazonas (FVS-AM), 1 milhão de doses da vacina contra o H1N1 já chegaram ao estado. Ainda faltam chegar 150 mil doses. “Queremos garantir que a população tenha acesso à vacinação, sem riscos, sem problemas, sem dificuldades.”, disse a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Rosemary da Costa Pinto. As ações de segurança serão coordenadas por meio do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na Avenida André Araújo, bairro Aleixo, zona Centro-sul de Manaus.

Texto: Coletiva

Reportagem: Thiago Gonçalves

Imagens/ Fotos: Thassio Pierre

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias