“Milagre”, diz homem que quase foi esmagado por caminhão; VÍDEO

Foto: Reprodução
PATROCINADO
Maus-tratos ou crueldade animal, quando o assunto é a denúncia destes, nossa lei é bem pertinente. Mesmo assim,...

PAÍS | Um homem que escapou de ser esmagado por um caminhão no Ceará disse que sobreviveu “por um milagre” ao portal g1. O acidente ocorreu em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, na manhã desta segunda-feira (23).

O vídeo da câmera de segurança mostra o momento em que o o homem é atingido pelo caminhão e consegue evitar de ser esmagado contra um portão. Ele acaba escapando por um espaço apertado.

Apesar do susto, José Walmir Freires, que é técnico de rastreamento veicular e estava no local a trabalho, teve apenas arranhões nos braços e passa bem.

Pelas imagens, é possível ver também que momentos antes do acidente José mandava uma mensagem por áudio. Enquanto ele está parado na calçada, a carga do caminhão prende em uma árvore e o veículo acaba invadindo a calçada em direção ao técnico.

“Teve aquela brechazinha ali e eu corri porque eu pensei que a parede ia cair por cima de mim porque atingiu a parede do cliente, a parede e o poste. O contêiner ficou preso na parede, por isso que não caiu por cima de mim. Foi um milagre, realmente foi um milagre. Só tendo o vídeo mesmo pro pessoal acreditar, porque se eu fosse contar ninguém ia acreditar não. A coisa é rápida demais, não dá tempo de você pensar, não dá tempo de você fazer nada, só a sensação de correr mesmo”, afirmou ao g1.

O Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Maracanaú foi acionado. O diretor do órgão, Paulo Henrique Costa da Silva, disse que a carga do caminhão se prendeu a uma árvore após desviar de um carro no outro lado da via. No vídeo, é possível ver um carro branco trafegando antes do acidente.

Irregularidades

O Demutran verificou que o caminhão é cedido para uma cooperativa de recicladores de Maracanaú e que estava com documentos irregulares. “Quando chegamos ao local, identificamos que o veículo estava com o documento desatualizado no Detran, embora estivesse com as taxas pagas, mas por conta de multas atrasadas, e de alguns equipamentos de segurança obrigatórios que também não estavam aptos para que ele pudesse circular”, explicou Paulo Henrique.

Veja:

Foto: Reprodução
Edição: Juliana Batista

Com informações de Metrópoles*

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Você sabia que toda forma de trabalho realizada por crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anos...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

CONFIRA AS MAIS LIDAS

BABADO FORTE