Wilson Lima diz que não mudará medidas restritivas para combater coronavírus após fala de Bolsonaro


Wilson Lima fala que não voltará atrás nas medidas na prevenção do cororavírus. Vídeo: Divulgação

Manaus-AM I Na noite desta terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro fez seu pronunciamento sobre a pandemia do novo coronavírus em rede nacional e criticou as medidas tomadas de prevenção como o fechamento de escolas, voltando a atacar os governadores e culpar a imprensa pelo o que ele chama de “histeria”.

Em uma parte de sua fala, ele se opõe as medidas estabelecidas pelo Ministério sa Saúde (MS), como forma de prevenção na propagação do vírus: “nossa vida tem que continuar e os empregos precisam ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos, sim, voltar á normalidade”, afirmou.

Anúncios

O governador do Amazonas, Wilson Lima, veio a público e disse que não voltará atrás em nenhuma decisão tomada pelo Governo do Estado do Amazonas na luta contra o coronavírus (Covid-19).

“As medidas foram tomadas de forma resposavel, seguindo o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS) do Governo Federal. Eu fui eleito para defender e proteger o povo do Amazonas e assim que eu vou continuar agindo”, afirmou Wilson Lima.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Receba a seleção das melhores notícias

Você também pode gostar:

error: Este conteúdo é protegido!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram