Amazonas anuncia normas de retorno às aulas na rede particular do estado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
bibilioteca


Manaus-AM | A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) emite, nesta terça-feira (07/07), normas e recomendações para o retorno gradual das atividades educacionais da rede privada de Manaus. O documento completo está disponível no site da FVS-AM (www.fvs.am.gov.br). As instituições estão incluídas no quarto ciclo do plano de reabertura gradual das atividades da capital.

Publicidade

FVS anuncia protocolo de retorno às aulas no Amazonas

Amazonas
A lotação da salas de aula limitada a 50% da capacidade. Foto: Reprodução

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, informa que o documento contém regras que devem ser adotadas pelas instituições de ensino privadas. “A pandemia do novo coronavírus não passou, por isso é necessário seguir as recomendações, como, por exemplo, a lotação da salas de aula limitada a 50% da capacidade; o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as carteiras ocupadas; evitar-se aglomeração e proximidade entre discentes, contato físico e compartilhamento de materiais entre alunos”, avaliou.

O chefe de Departamento de Vigilância Ambiental da FVS-AM, Elder Figueira, apontou que as medidas são necessárias para que haja mínimo risco de contágio por Covid-19. “O público infantil é importante veiculador do vírus na família ou no ambiente escolar. É importante que toda a sociedade tenha ciência das recomendações”, afirmou.

Entre as orientações estão, também, fácil acesso a álcool gel a 70%; uso de máscaras individuais; limpeza e desinfecção de sapatos, de materiais escolares e da escola; estímulo ao consumo de alimentos trazidos de casa; rodízio para uso de refeitórios; aferição da temperatura corporal; e monitoramento de casos suspeitos.

As normas foram elaboradas pela FVS-AM com a colaboração do Comitê de Crise Covid-19 do Governo do Amazonas; Secretaria de Estado de Educação e Desporto; Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa-Manaus); Universidade do Estado do Amazonas (UEA); Centro Universitário do Norte (Uninorte); Universidade Nilton Lins; Centro Educacional Século; e Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM).

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias