MC Guimê tem bens bloqueados na Justiça e não ganhará nada do BBB23

WhatsApp Image 2023-02-03 at 10.31.38
PATROCINADO
O Supermercado Coema, localizado na Avenida Torquato Tapajós, ao lado da Coca-Cola, receberá a 292• edição do ‘Bazar...

PAÍS| A Justiça de São Paulo determinou a penhora de tudo que MC Guimê, o marido de Lexa, já embolsou e o que vai receber no BBB23. A decisão inclui cachês e os prêmios do reality show da Globo, por conta de um processo que dois empresários cobram do cantor uma dívida avaliada em R$ 2,9 milhões.

Em 2016, o cantor comprou um imóvel em Alphaville, na cidade de Santana do Parnaíba (SP), por R$ 2,2 milhões. Os vendedores afirmam que ele e sua esposa deixaram de cumprir com as parcelas e ficaram devendo R$ 777 mil. Foi assim que este imbróglio começou e se tornou algo milionário.

No processo, os credores exigem a rescisão do contrato, além de uma indenização por fruição. Com multas e juros rolando desde então, o valor da dívida bate os R$ 2,9 milhões. O participante do BBB já tinha sido condenado em primeira instância em outubro de 2020, e teve a decisão confirmada por desembargadores no ano passado.

O marido de Lexa e sua defesa responderam que as parcelas finais do contrato não foram depositadas porque os empresários não entregaram a casa reformada, como haviam combinado. Assim, segundo Guimê, houve abatimento de valores.

De acordo com o site UOL, a TV Globo e a Endemol Shine – produtora do reality show -, devem depositar os valores recebidos pelo funkeiro no programa em uma conta judicial. Ou seja, ele irá sair do programa com as mãos abanando.

Com informações do Metrópoles*

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
O Supermercado Coema, localizado na Avenida Torquato Tapajós, ao lado da Coca-Cola, receberá a 291• edição do ‘Bazar...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE