Caso Flávio: polícia prende fornecedor de drogas de Alejandro Valeiko

WhatsApp Image 2019-11-04 at 15.03.11
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus- AM – A equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) prendeu, na tarde desta segunda-feira (4/11), o homem identificado como Matheus de Moura Martins, de idade não informada. Ele seria traficante e fornecedor de drogas para o enteado do prefeito da capital Arthur Neto, Alejandro Valeiko, principal nome ligado à morte do engenheiro Flávio Rodrigues, que tinha 42 anos de idade. O homem foi preso no Centro de Manaus e portava entorpecentes.

Publicidade

Matheus teria estado na casa onde supostamente aconteceu o assassinato do engenheiro, em condomínio de luxo na Ponta Negra- zona Oeste da capital, no dia 29 de setembro deste ano. Ele também teria estado com Alejandro e amigos em um bar e numa festa rave, momentos que antecederam a morte de Flávio. A Polícia Civil pode obter do preso informações importantes para a investigação após ele ter sido citado em depoimentos.

A Delegacia de Homicídios deve dar detalhes sobre a prisão de Matheus, que tem passagem na polícia por roubo, em uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (5/11).

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias