Familiares lamentam morte de idosa assassinada a facadas pelo próprio filho ex-presidiário

Point Blur_Jun092020_154209
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | Na tarde desta terça-feira (9/6) amigos e familiares de dona Marcelina Natividade, de 60 anos, se reuniram no velório da aposentada para dar o último adeus à idosa, que foi vítima fatal do próprio filho assassinada a facadas. O velório aconteceu na casa onde mãe e filho moravam, situada na travessa Boa Esperança, bairro Crespo, na zona Sul da capital.

Publicidade

Leonardo Natividade Freitas, de 28 anos, foi preso suspeito de roubar o cartão de pensão e R$ 400 em espécie da mãe, após assassiná-la durante a noite de segunda-feira (8). A prisão do homem foi realizada pela 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), durante a madrugada, horas após o crime enquanto ele andava pelas ruas do bairro completamente desnorteado e ainda sujo de sangue.

Vanudson Natividade, 37, filho mais velho da vítima, disse que apesar de o irmão já ter sido preso, a família segue aguardando que a Justiça faça sua parte mantendo o suspeito atrás das grades. “Ele já foi preso outras vezes pelo crime de estupro e a Justiça liberou ele para voltar às ruas, e agora deu no que deu, ele matou minha mãe. A gente espera que agora a Justiça faça a parte dela e mantenha esse mostro atrás das grades.”, desabafou Vanudson.

  • Entenda o caso:

Conforme o documento, o filho mais novo de Marcelina presenciou a chegada de Leonardo na residência, por volta das 16h.  A testemunha, que estava em um andar superior da casa, ouviu batidas em parede vindas do térreo. Ao descer, viu o irmão sujo de sangue, com uma faca ensanguentada próxima à mãe.

Leonardo afirmou ao irmão que havia cometido o brutal assassinato e que ele deveria dizer que o ocorrido havia sido um acidente.

Ainda de acordo com o BO, o suspeito do crime perguntou ao irmão onde estava o dinheiro e o cartão de pensão da vítima. Após amarrar a testemunha com um vestido da mãe, Leonardo procurou os objetos pela casa, encontrando o cartão e a quantia de R$ 400 em espécie. O homem levou, ainda, o celular do irmão.

Leonardo foi apresentado pela 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). O homem foi encontrado andando na rua Adalberto Vale, situada no bairro Crespo. Ao ser abordado por policiais militares, Leonardo  confirmou a identidade e autoria do crime, sendo conduzido à DEHS, onde passou por procedimento de flagrante.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias