Homem é preso suspeito por participação em homicídio no bairro Nova Cidade

Imagem: Polícia Civil
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | Giovani Ribeiro Printes, de 23 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (17), às 7h30, com um mandado de prisão preventiva em aberto pelo homicídio de Enoque Correa Tavares, que era conhecido como “Índio”, de 26 anos, em Manaus.

Publicidade

Segundo o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins, o crime aconteceu no dia 26 de janeiro deste ano, nas proximidades de um campo de futebol na Comunidade Raio de Sol, bairro Nova Cidade. 

No momento da ação, Giovani e outros dois homens identificados como Darcy Marques Dentes Neto,  de 24 anos, o “Pereira”, e Halison Aroucha da Silva, de 20, chamado de “Barriga”, que já foram presos, efetuaram cerca de 14 disparos de arma de fogo contra Enoque. 

“No dia do crime, ‘Índio’ ameaçou de morte um homem que estava foragido e que fazia parte de uma facção criminosa que atua no Estado. A partir disso, o trio teria recebido ordens para matar a vítima e armou uma emboscada para Enoque. Efetuamos as prisões de ‘Pereira’ e ‘Barriga’ no dia 27 de fevereiro deste ano. No entanto, as buscas por Giovani continuaram até lograrmos êxito na prisão dele”, explicou.

O homem foi capturado na casa da mãe dele, localizada na rua Sol Poente, comunidade Raio de Sol, bairro Nova Cidade, zona Norte de Manaus.

Giovani foi indiciado por homicídio. E foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá ficar à disposição da Justiça.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias