Manaus terá 74 pontos de vacinação contra covid-19 nesta semana

WhatsApp Image 2023-10-29 at 10.45.12
PATROCINADO
Produtos Novos e Seminovos a Partir de R$1,00 Com Preço Máximo Até R$150,00. Entrada Gratuita Bazar da Rayana:...

A campanha de vacinação contra a Covid-19 prossegue ofertando imunizante no período de segunda a quarta-feira, 30/10 a 1°/11. A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) disponibiliza os imunizantes em 74 unidades de saúde, das quais nove funcionam na modalidade de horário ampliado, das 7h às 19h ou das 7h às 21h. Por meio do link bit.ly/localvacinacovid19, os usuários podem conferir os endereços e os horários de funcionamento de cada estabelecimento de saúde.

A titular da Semsa, Shádia Fraxe, enfatiza o esforço da Prefeitura de Manaus para controlar a disseminação do vírus Sars-Cov-2, adotando estratégias para ampliar o acesso do usuário ao imunizante. “É importante reforçar que para ser vacinado, é preciso levar um documento oficial com foto, CPF ou Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS)”, reforça.

A população a partir dos 12 anos deve buscar um dos 74 pontos de vacinação da Prefeitura. A orientação para o público menor de 12 anos é de que seus pais ou responsáveis os levem às unidades específicas, sendo 14 delas voltadas a bebês de 6 meses a 4 anos de idade, e 35 para as crianças com idades de 5 a 11 anos.

Shádia Fraxe destaca a segurança e a eficácia das vacinas ofertadas na rede pública, que são a forma mais efetiva para proteger as pessoas a partir dos 6 meses de idade.

“O esquema vacinal completo contempla duas doses do esquema primário e dose de reforço. As pessoas que já iniciaram o esquema e está em dúvida sobre doses e prazos podem consultar sua situação vacinal na plataforma Imuniza Manaus (imuniza.manaus.am.gov.br), informando apenas o número do CPF”.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Ao longo de toda a história do Site Imediato Online, a comunidade sempre esteve presente, sendo a principal...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE